Tempo estimado de leitura: 5 minutos

Aplicativo Guia do Voto estimula o voto consciente

O aplicativo Guia do Voto é uma iniciativa voltada para a conscientização dos eleitores sobre a importância do voto em 2018. O app propõe uma jornada de conhecimento do eleitor sobre o processo eleitoral, esclarecendo dúvidas recorrentes sobre as eleições e terminando com a identificação de partidos que mais se alinhem aos temas que o usuário considere os mais importantes.

Essa jornada do eleitor é intuitiva e fácil, e se baseia em um conteúdo didático elaborado pelo cientista político Humberto Dantas, pesquisador da FGV especializado em aulas de educação política para escolas públicas e empresas. O conteúdo escrito por Dantas está disponível para download na forma de e-book (clique aqui) e também em podcasts em vídeo, para facilitar o entendimento e esclarecer dúvidas frequentes – por exemplo, sobre como é calculado o quociente eleitoral que determina os eleitos para cargos legislativos, o efeito dos votos nulos e brancos na eleição e o processo de criação de leis. Além do conteúdo do Guia, a experiência proporcionada pelo app visa conscientizar o usuário sobre o valor do voto e a importância da eleição para o processo democrático. O Guia do Voto é um app apartidário e ideologicamente neutro, e as informações apresentadas ao usuário para que tome suas decisões são retiradas de fontes oficiais.

Para Humberto Dantas, “o voto continua sendo a forma mais eficaz de transformação da sociedade, de evolução do sistema político e de melhoria da gestão pública”. Essa participação do cidadão na política pelo voto se dá a cada dois anos e, “mesmo que o cidadão se frustre com suas escolhas em determinada ocasião, sempre terá a oportunidade de melhorar sua decisão na eleição seguinte, cobrar os eleitos sobre as promessas feitas e defender as causas que lhe são caras”, completa Dantas.

Funcionalidades

O objetivo do Guia do Voto é oferecer ferramentas para que o eleitor conheça mais sobre o processo eleitoral e vote com consciência. O app inclui o teste de conhecimentos “O que eu sei sobre as eleições”, na forma de quiz dividido em cinco temas: história das eleições, o sistema eleitoral, os partidos políticos e os poderes Legislativo e Executivo. As perguntas são baseadas no conteúdo produzido pelo cientista político Humberto Dantas.

Para estimular a reflexão sobre as propostas apresentadas na campanha política, a área “O que eu valorizo” propõe que o usuário defina cinco temas que considera mais importantes na hora de decidir seu voto. O eleitor é desafiado a escolher um entre cada dois temas – como se fosse um gestor público com recursos limitados para investir. O objetivo é ajudar o eleitor a refletir sobre as propostas apresentadas pelos partidos e candidatos, e avaliá-los com base nesses temas prioritários.

Na área “Se eu fosse um político”, o usuário exercita a cidadania opinando sobre temas que foram votados no Congresso – por exemplo, em matérias que vão desde as regras do financiamento estudantil até a questão da redução da maioridade penal. Após cada resposta, o usuário descobre como os partidos votaram aquele tema e, ao final das perguntas, identifica as legendas que se posicionaram de forma mais parecida com as suas ideias. Adicionalmente, o app oferece a possibilidade de o eleitor incluir nessa lista de afinidade os partidos criados posteriormente ou que não possuíam representantes no Congresso quando foram realizadas as votações.

A jornada do eleitor termina com a definição do perfil do candidato ideal para cada cargo em disputa. Isso resultará numa lista de candidatos para cada cargo, dentre os partidos com os quais tem maior afinidade. O app recomenda que o eleitor busque informações sobre programas e propostas dos partidos com links para os seus respectivos sites. Para cada cargo em disputa, o app apresenta todos os candidatos que se encaixam no perfil definido pelo eleitor. O app traz o link para a página específica de cada candidato no site do TSE, para que o usuário pesquise mais a respeito deles. O app não fará um “match” de afinidade entre o candidato e o eleitor; é o próprio usuário quem decide quais desses candidatos serão selecionados e avaliados por ele, com base nos temas que considerou mais importantes (na área “O que eu valorizo”). O passo final será a definição da “cola” do voto para ser impressa e levada no dia da eleição. Essa tarefa será feita pelo próprio eleitor conforme a sua consciência, não pelo app.

Segurança de dados

O app Guia do Voto não guarda nenhum dado das escolhas nem das preferências do usuário em seus servidores na internet. Também não tem acesso às opiniões do eleitor e aos candidatos avaliados ou escolhidos por ele. Todos os dados são guardados exclusivamente no celular ou no computador usado pelo usuário. Esse processo conta com a auditoria independente da consultoria EY, que faz a acreditação dos controles sistêmicos do aplicativo.

O objetivo do app Guia do Voto é ajudar o eleitor a fazer escolhas conscientes e não se pretende fazer nenhuma enquete ou análise de dados dos usuários ou de preferência política dos eleitores. Todos os dados usados na área “Se eu fosse um político”, para indicar a afinidade do usuário com partidos, foram apurados a partir dos registros oficiais de votações nominais realizadas na Câmara dos Deputados, selecionadas por pesquisadores do Centro Brasileiro de Análise e Planejamento (Cebrap). Também os dados dos candidatos apresentados na seleção do “Meu candidato ideal” são exatamente iguais aos usados nos registros do TSE.