Site Votorantim, Clique Aqui para ver o contéudo

Idiomas English VersionVersión en Español
.
Envie para um amigo     Imprimir     Diminuir fonte Aumentar fonte

SAIU NA MÍDIA

16/02/2017

Lucro do Banco Votorantim cresce 54,5% e atinge R$ 119 milhões no 4º tri

O Banco Votorantim registrou lucro líquido de R$ 119 milhões no quarto trimestre de 2016, cifra 54,5% maior que a registrada em um ano, de R$ 77 milhões. Na comparação com os três meses anteriores, a alta ficou em 6,5%. No ano de 2016, o lucro líquido do Votorantim encolheu 11,6%, para R$ 426 milhões ante montante de R$ 482 milhões em 2015. “O ano de 2016 foi complexo, marcado por um cenário macroeconômico bastante desafiador”, destaca a instituição, em relatório que acompanha as suas demonstrações financeiras.

A carteira de crédito ampliada do banco foi a R$ 60,880 bilhões ao final de dezembro, aumento de 1,4% ante setembro e queda de 7,1% em um ano. No conceito classificada, ficou em R$ 47,620 bilhões, alta de 1,3% e retração de 6,6%, respectivamente e na mesma base de comparação. O índice de inadimplência da instituição, considerando os atrasos acima de 90 dias, foi a 5,5% ao final de dezembro, estável em relação a setembro e melhor em um ano, quando somava 5,7%. As provisões para crédito de liquidação duvidosa, as chamadas PDDs, somaram R$ 623 milhões no quarto trimestre, aumento de 26,7% ante o terceiro. No ano de 2016, ficaram em R$ 2,079 bilhões, queda de 13,1% em relação a 2015.

O Votorantim encerrou dezembro com R$ 102,998 bilhões em ativos totais, montante 0,8% menor em relação ao terceiro trimestre e 6,6% inferior em um ano. O patrimônio líquido do banco foi a R$ 8,426 bilhões, alta de 0,1% e 10,6%, nesta ordem. O retorno (ROE, na sigla em inglês) ficou em 5,8% no quarto trimestre ante 5,5% no terceiro e 4,1% em um ano. No fechamento de 2016, a rentabilidade alcançou 5,2%, redução de 1,1 ponto porcentual em relação a 2015, de 6,3%. O índice de Basileia do Votorantim ficou em 15,1% no quarto trimestre, 0,7 ponto porcentual menor em relação ao terceiro e 0,1 p.p. na comparação com um ano. “Nos próximos trimestres, continuaremos avançando na rentabilização dos negócios atuais e novos, no aumento da eficiência operacional e na diversificação de receitas”, destaca o banco.

Para ver a notícia acesse: www.istoedinheiro.com.br.