Site Votorantim, Clique Aqui para ver o contéudo

Idiomas English VersionVersión en Español
.
Envie para um amigo     Imprimir     Diminuir fonte Aumentar fonte

Nossa História

A história da Votorantim começa em 1918, quando o português Antonio Pereira Ignacio adquire uma Fábrica de Tecidos no interior de São Paulo, na região de Sorocaba. A fábrica era uma das maiores do país e integrava a massa falida de um banco.

Em 1925, a filha de Pereira Ignacio casa-se com José Ermírio de Moraes, que mesmo sendo de uma tradicional família pernambucana ligada a engenhos de açúcar, era engenheiro formado pela Colorado School of Mines, nos EUA. Naquele mesmo ano, José Ermírio assume o cargo de diretor gerente da Votorantim.

A partir da década de 1930, sob o comando de José Ermírio de Moraes, mesmo com a depressão mundial causada pela queda da Bolsa de Nova York, a Votorantim investiu na diversificação dos negócios, consolidando-se como agente protagonista da industrialização no Brasil, passando a atuar em setores relevantes da economia real.

1936 - Cimento
Inaugurada a fábrica de cimentos Santa Helena, em Sorocaba, para aproveitar a proximidade com jazidas de calcário que possuía na região. Nessa fábrica é produzido o cimento com a marca Votoran. A Votorantim Cimentos é atualmente a maior produtora do país e está presente em 13 países.

1937 – Siderurgia
Entra na produção de aço, com a inauguração da Siderúrgica Barra Mansa (RJ), então uma das maiores produtoras de aço do país. Atualmente, essa é uma das cinco unidades produtoras da Votorantim Siderurgia, localizadas no Brasil, na Colômbia e na Argentina.   

1955 – Alumínio
Na década de 1950, a Votorantim entrou no setor de alumínio. A construção da fábrica da Companhia Brasileira de Alumínio (CBA), no interior de São Paulo, representou também a consolidação da presença da Votorantim na geração de energia. Para suprir a energia necessária, a companhia iniciou a construção de usinas hidrelétricas na bacia do Rio Juquiá, no Vale do Ribeira (SP). Além das sete usinas que hoje fazem parte do Complexo Juquiá, a Votorantim possui atualmente 33 hidrelétricas.
Para garantir a perenidade do abastecimento de água às usinas do Vale do Ribeira, a Votorantim adquiriu terras no entorno dos rios até as nascentes, resultando numa área de 31 mil hectares de mata atlântica protegida há mais de 50 anos, que daria origem, em 2012, ao Legado das Águas.

1969 - Zinco
A década de 1960 marcou a entrada da Votorantim na produção de zinco. A refinaria de Três Marias (MG) começa a operar em 1969, utilizando o minério tratado na unidade de Vazante (MG). Atualmente, a Votorantim Metais Holding faz a gestão das unidades produtoras de zinco no Brasil e no Peru.

1988 - Celulose
A Votorantim entra no setor de celulose, com a criação da Votorantim Celulose e Papel (VCP), consolidação de empresas do setor adquiridas pela companhia. Foi a primeira empresa de capital aberto da Votorantim. Em 2009, a fusão com a Aracruz Celulose deu origem à Fibria, a maior produtora mundial de celulose de mercado. 

1989 - Laranja
Em 1989, a Votorantim entra no setor de suco de laranja, com a criação da Citrovita. Em 2010, a Votorantim anuncia a fusão da Citrovita com a Citrosuco, empresa do Grupo Fischer, e adotando o nome de Citrosuco e se tornando a maior produtora mundial de suco de laranja.

1991 – Banco
A Votorantim começa a atuar no setor financeiro em 1991 a Votorantim abre para o público os serviços financeiros com o Banco Votorantim, sendo este um dos maiores bancos privados do Brasil.

1996 – Energia
Sendo uma das maiores autoprodutoras de energia do setor privado, a companhia cria a Votorantim Energia, hoje responsável pela gestão das 33 hidrelétricas da companhia. Em 2015, a Votorantim anuncia a entrada na área de geração eólica, com a construção de um parque eólico no Nordeste do Brasil e amplia sua atuação para o mercado, tornando-se a terceira maior comercializadora de energia do país.    

2001 – Internacionalização
A aquisição da St Marys Cement, no Canadá, marca o início da internacionalização da Votorantim e dá origem à Votorantim Cimentos North America (VCNA). Atualmente, a Votorantim possui operações em mais de 20 países, nos diversos setores em que atua. 

2002 – Instituto Votorantim
O Instituto Votorantim é criado com o objetivo de gerir o investimento social privado da companhia, definindo as diretrizes e focos de atuação das empresas Votorantim. Ao longo dos anos, o Instituto desenvolveu uma expertise em tecnologias sociais, que contribuem para o  desenvolvimento de comunidades, geração de oportunidades de emprego e renda, melhoria da educação e aprimoramento da gestão pública das cidades onde a companhia atua.   

2004 – Centro de Soluções Compartilhadas
O Centro de Soluções Compartilhadas (CSC) é criado em Curitiba (PR), para se tornar um centro de excelência na execução de tarefas de suporte administrativo para as operações da Votorantim. O CSC busca otimizar os custos e processos operacionais e contribui com soluções que assegurem qualidade, independência, padronização e ganhos de escala e sinergias às empresas da Votorantim. Em 2015, foi inaugurado uma operação do CSC em Lima (Peru), para atender às operações da companhia na América Latina. 

2005 – Academia de Excelência
É criada a Academia de Excelência, a universidade corporativa da Votorantim. Com mais de 5 mil participações no ano, a Academia capacita os empregados e contribui para a solidificação da cultura e do DNA, além de trabalhar a cultura de alta performance na Votorantim e apoiar a construção do futuro da organização.

2007 - Centro de Competência em TI
O Centro de Competência em TI (CCTI) é criado para buscar sinergias e gerar ganhos de escala na gestão da TI das empresas e otimizar a gestão de contratos na área de tecnologia. Atuando como um parceiro de negócios para as empresas, o CCTI provém soluções customizadas para as empresas Votorantim e garante a eficiência nos processos, com a padronização de sistemas adotados na companhia. O centro de excelência possui diversas certificações e é uma das maiores operações de sistemas de gestão integrada (ERP) do país.

2012 – Legado das Águas
Maior reserva de mata atlântica do país, com 31 mil hectares protegidos pela Votorantim há mais de 50 anos na região do Vale do Ribeira. O Legado das Águas é um projeto pioneiro que proporciona o uso sustentável da floresta e dos recursos ecossistêmicos, gerando conhecimento por meio de pesquisas científicas e promovendo o desenvolvimento das comunidades locais.